Terra Madre Brasil - Rede Nacional de Comunidades do Alimento

fevereiro \28\UTC 2008

28/02/2008

Morre aos 52 anos Vanderlei de Castro, um defensor do Cerrado

Brasília (27.2.08) – O Brasil perdeu na madrugada desta quarta-feira (27) um os principais defensores do uso sustentável da biodiversidade do Cerrado. Vanderlei de Castro, 52 anos, faleceu no município de Diorama, na região do Médio Araguaia (GO). Foi lá que o socioambientalista – considerado um “teórico da terra” – criou em 1996 a organização não-governamental Centro de Tecnologia Agroecológica de Pequenos Agricultores (Agrotec).

Destinado à produção de medicamentos fitoterápicos com princípios ativos das espécies nativas do Cerrado, o Centro tornou-se referência no Brasil por materializar uma experiência-piloto que envolve conhecimento tradicional, tecnologia, uso sustentável da agrobiodiversidade e geração de emprego e renda para agricultores familiares. A Agrotec identifica e reproduz plantas nativas com princípios ativos para 20 produtos fitoterápicos. A Organização conta com 21 associados diretos e centenas de beneficiados indiretos, a maioria deles agricultores familiares e gente simples do Cerrado.

A partir da iniciativa conduzida por Castro foi possível chegar a um protocolo de intenções entre os ministérios do Meio Ambiente, Agricultura, Desenvolvimento Agrário, Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e FIOCRUZ. O principal objetivo do protocolo é criar um modelo para a adoção dos fitoterápicos brasileiros no Sistema Único de Saúde (SUS).

A experiência começou a ser implantada este ano nos postos de saúde de cinco municípios de Goiás: Diorama, Aragarças, Montes Claros, Piranha e Jussara. Nesses locais, a população teria acesso gratuito a medicamentos feitos com plantas da região a partir de receituário médico. O projeto serviu como inspiração para o Programa Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos.

Clique para ler o texto completo »

6/02/2008

Boas Novas do Projeto Reca

O Projeto de Reflorestamento Econômico Consorciado e Adensado (mais conhecido como Projeto Reca) é realizado por assentados em Nova Califórnia (RO). A comunidade faz parte da Rede Terra Madre e participou do Terra Madre 2006 e Terra Madre Brasil.

Hamilton Condack de Oliveira, um dos coordenadores do projeto e participante ativo da nossa rede, nos envia excelentes notícias:

O RECA recebeu o Prêmio Fundação Ford Motor Company de Conservação Ambiental, ficando em primeiro lugar no Brasil dentro da categoria Negócios em Conservação.

E mais, o RECA ficou em quarto lugar dentro do concurso Experiências em Inovação Social na América Latina e Caribe, da Fundação W.K. Kellogg. Cerca de mil organizações de todos os países latino-americanos e do Caribe participaram do Concurso.

O Projeto tem também uma parceria com a Natura e é possível assistir um filme e uma reportagem no blog Movimento Natura.

5/02/2008

“Seu Bené vai para a Itália” em Berlim

O documentário “Seu Bené vai para a Itália” (Teresa Corção e Manoel Carvalho) e o longa-metragem Estômago (Marcos Jorge) foram selecionados para a segunda edição especial do programa Culinary Cinema – Expanding Our Horizons (Cinema Culinário – Expandindo nossos Horizontes), no Festival de Berlim (Alemanha). Conhecido como Berlinale, este é um dos festivais mais importantes da Europa e do mundo.

O evento acontece entre os dias 07 e 17 de fevereiro e o programa especial de gastronomia será realizado entre os dias 11 e 14 com exibição de filmes, palestras, degustação e atividades para crianças.

Dentre estes eventos, o presidente internacional do Slow Food – Carlo Petrini – irá participar de um diálogo aberto ao público, ao lado do famoso Chef de Cozinha catalão Ferran Adria, sobre “O Futuro dos Alimentos”. Petrini também irá apresentar Gut, Sauber und Fair, a versão alemã do seu livro “Bom, Limpo e Justo” e apresentar o documentário “Um dia na Eataly”, junto com o renomado diretor cinematográfico Michael Ballhaus – que produziu o filme com estudantes da Universidade de Ciências Gastronômicas na Itália.

Seu Bené vai para a Itália descreve a vida de Benedito Batista da Silva – um agricultor de 60 anos de idade, brasileiro e produtor de farinha de mandioca d´água de Bragança (Pará), e suas experiências durante o Terra Madre 2006. Seu Bené faz parte da rede Terra Madre e também é o protagonista do documentário O Professor da Farinha, documentário realizado por Teresa Corção e Manuel de Carvalho em 2005, que foi apresentado no Slow Food on Film em 2006 e no Festival de Cinema e Vídeo Rural de Piratuba, em 2007.

Mais Informações:

www.berlinale.de

www.slowfoodonfilm.it

Ecogastronomia no Cinema

Ecogastronomia Extinção de espécies alimentícias Programação detalhada do eventoVozes do Terra Madre Voluntários
Realizado por:
Slow Food
Em colaboração com:
Regione del Veneto IMCA
Educação em FocoFunarte
Em parceria com:FIDA
SIDMINCSDTMDABrasil - Governo Federal
DoDesign-s Design & Marketing

» Terra Madre Brasil | Fazer login

© 2010 Todos os direitos reservados aos autores das fotos e textos.
Não é permitido reproduzir o conteúdo deste site sem citar a fonte, link e o autor.