Terra Madre Brasil - Rede Nacional de Comunidades do Alimento

Geral

23/11/2009

Slow Food em Poucas Palavras: Co-Produtor

O Slow Food promove uma nova abordagem ao consumo alimentar, baseada no conhecimento dos produtos, das técnicas de produção, dos produtores.

Para salientar que o consumidor pode estimular alterações determinantes no setor agroalimentar, o Slow Food criou o termo co-produtor.

Esta palavra significa um consumidor que mantém um relacionamento estreito com os agricultores, os pescadores, e criadores, os produtores de vinho ou queijo de quem não apenas compra, mas a quem pede informações e conselhos para poder reconhecer diferenças qualitativas e alimentar-se de forma mais saudável, saborosa e responsável.

Graças a consumidores atentos e informados, aos co-produtores, o agricultor está mais motivado a trabalhar com técnicas tradicionais que garantem a biodiversidade dos produtos e a sua qualidade.

Saiba mais sobre este e outros assuntos no Boletim Slow Food Times de março.

17/04/2009

Desafio Slow Fish

Uma campanha internacional está sendo lançada na ocasião do Slow Fish neste final de semana, o evento da pesca sustentável que acontece em Genova entre 17 e 20 de abril, convidando todos os amantes dos peixes e frutos do mar a tomar uma atitude no Desafio Slow Fish.

O Slow Food tem sistematicamente realizado uma campanha de sensibilização sobre a situação crítica que nossos mares estão enfrentando através do evento bienal Slow Fish por alguns anos, assim como através de projetos para apoiar comunidades da pesca artesanal sustentável. Com esta campanha, “peixe sustentável” se torna foco para toda a rede Slow Food e Terra Madre e tema para eventos e atividades organizadas nas comunidades por todo o mundo.

O Desafio Slow Fish convida a todos os membros do Slow Food, comunidades do alimento, cozinheiros e chefs de cozinha, acadêmicos e jovens da Rede Terra Madre para organizar pequenas atividades dedicadas à pesca sustentável (degustações, jantares, oficinas…) e enviar a informação sobre os peixes escolhidos e as receitas usadas para prepará-lo. Todos estes exemplos serão reunidos para formar um livro on line de receitas de peixe bom, limpo e justo de todo o mundo.

Clique para ler o texto completo »

14/02/2009

Brasil e Terra Madre na BioFach 2009

A BioFach é a maior feira dedicada a produtos orgânicos do mundo e já se aproxima da sua 20ª edição. O evento, que acontece anualmente em Nuremberg, na Alemanha, inaugura sempre no mês de fevereiro o calendário das feiras BioFach, que acontecem também na Índia, China, Japão, Estados Unidos e Brasil. Este ano, a feira será realizada no período de 19 a 22 de fevereiro, tendo a Dinamarca como país-tema.

Por se tratar de uma feira focada em negócios, não existe a venda de produtos para visitantes e compradores. Os grandes produtores e grandes empreendimentos que trabalham com orgânicos, bem como, empreendimentos da agricultura familiar, expõem seus produtos, promovem degustações, trocam informações com fornecedores e compradores, aprendem sobre novas tecnologias e agendam visitas com futuros parceiros. No ano de 2008, a feira contou com 2.764 expositores e cerca de 46.500 visitantes, vindos de 124 países, números resultantes da movimentação de, aproximadamente 40 bilhões de dólares no mercado internacional orgânico, no ano anterior.

Clique para ler o texto completo »

1/02/2009

A Fruta e o Povo Sagrado do Sertão (ou a 1ª Festa do Umbu)

Por: Chef Adriana Lucena

A manhã está quente e algumas nuvens indicam que pode chover… na praça central, muito movimento na arrumação das barracas feitas de flechas de sisal e palha de licuri, idéia de um artista plástico local. Sorrisos e abraços me recebem calorosamente. Chegam pessoas de todas as comunidades, as mais distantes ficam a horas! Vejo um clássico chapéu de couro de vaqueiro, dois, três……. epa! Isso é ainda mais legal: aqui preserva-se de alguma forma a cultura local! Viva!

Locais das Oficinas, projetado por artista plástico local. Foto: COOPERCUCComunidade plantando umbuzeiro na praça - Foto:COOPERCUCMusicos locais. Foto: COOPERCUC

Observo cada rosto marcado pelo sol e pela labuta: mulheres fortes que decidiram tomar as rédeas de suas vidas, produzir seu sustento, enfrentar preconceitos e hoje são vitoriosas senhoras do umbu. O reencontro entre amigos distantes me emociona! Que fantástico é o povo sertanejo: nem a seca, nem as dificuldades diárias, nem as estradas de barro, apagam o sorriso de seu rosto! Entendo que o povo sertanejo é um pouco sagrado, resistente e insistente no seu viver, no seu habitat, como os povos sagrados dos áridos e semi-áridos descritos na Bíblia: criam bodes e carneiros; alimentam-se dos frutos locais… e vivem disso com muito orgulho.

Clique para ler o texto completo »

18/01/2009

Iª Festa do Umbu: Árvore Sagrada do Sertão

Escrito por: COOPERCUC

“… os umbuzeiros… irradiantes em círculo… árvores sagradas do sertão…semelham grandes calotas esféricas. Suas flores alvíssimas são a nota mais feliz do cenário deslumbrante. Desafiando as secas mais duradouras, amparam, alimentam, mitigam a sede do homem do sertão”.

Os Sertões – Euclides da Cunha

Cartaz da I Festa do Umbu - Clique para aumentar

O aproveitamento de frutas nativas da caatinga, especialmente do umbu, representa um dos maiores potenciais da região Semi-árida do Brasil devido a uma grande produção anual. O umbu é o símbolo da convivência e da abundância, pois independente das condições do tempo, o umbuzeiro produz.

Por se tratar de um produto alimentício da biodiversidade brasileira, atrativo e de alto valor nutritivo, os produtos do umbu têm um público alvo bastante diversificado. Atualmente, em várias regiões do Semi-árido, agricultores e agricultoras estão beneficiando e comercializando o umbu, cujos produtos já se encontram em vários estabelecimentos comerciais (supermercados, lanchonetes, hotéis, lojas de conveniência, delicatessen), e sendo utilizado na merenda escolar de vários municípios. Clique para ler o texto completo »

12/01/2009

II Festa do Licuri

Escrito por: Josenaide Alves

Um sinal de esperança para os produtores da Caatinga

O Licuri é o fruto de uma palmeira nativa do Nordeste do Brasil, pode ser encontrado em alguns estados, principalmente na Bahia, região de caatinga – municípios de Capim Grosso, Serrolândia, Quixabeira, São José do Jacuípe, Várzea da Roça, Jacobina, Várzea do Poço, Senhor do Bonfim, Campo Formoso e Calderão Grande.

Licuri

Com a palmeira do licuri tudo é aproveitado: cascas, frutos, amendôas, flores, folhas, palha, raiz, tronco e concas.

Clique para ler o texto completo »

15/12/2008

Terra Madre 2008: Discurso de Carlo Petrini na Cerimônia de Abertura

Nós só temos que nos certificar que ninguém passe por cima do seu trabalho para transformar alimentos de qualidade em alimentos de luxo. Qualidade é um direito de todos. Assim que escutarem pessoas dizendo que vocês devem produzir orgânicos, para produzir qualidade e conquistar o mercado de pessoas ricas, mandem-nas embora. Temos que produzir orgânicos para fornecer qualidade para todos, para as pessoas mais pobres também.

Turim, 23 de Outubro de 2008 Carlo Petrini. Foto: Roberta Sá

Assista ao discurso em italiano no youtube (parte 1, parte 2, parte 3, parte 4 e parte 5)

É um grande prazer vê-los todos aqui novamente, nesta nossa reunião extraordinária. E pensar que quatro anos se passaram desde que demos vida a esta maravilhosa iniciativa. Este terceiro encontro marca o crescimento da rede Terra Madre, apesar de que seria mais apropriado falar sobre Redes Terra Madre, vendo que agricultores, pescadores e pastores nômades se unem pela segunda vez com cozinheiros e acadêmicos de todo o mundo.

E este ano temos também os produtores de fibras naturais e músicos – todos campesinos e pequenos agricultores. Eles estão trazendo com eles a música do Terra Madre para provar que a a agricultura não é apenas um outro setor de negócios como a indústria de minérios de ferro por exemplo, mas algo muito mais complexo. Na realidade, a agricultura é fruto de uma visão holística, unindo a sacralidade do alimento, respeito pelo meio ambiente, socialidade, convivialidade e manifestações culturais.

Clique para ler o texto completo »

14/12/2008

Transgênicos Voadores

12/12/2008 – Sloweb

Agricultor mexicano. Fonte: Le MondeUm estudo destinado a relançar a polêmica sobre a contaminação com organismos geneticamente modificados (OGM). Pesquisadores americanos, mexicanos e holandeses da Universidade Nacional Autônoma do México (UNAM) demonstraram a presença dos genes provenientes de OGM nos cultivos de milho crioulo (nativo) no estado de Oaxaca, no sul do país centro-americano. Ressaltamos que no México está vigente uma moratória sobre os OGM.

Os resultados do estudo revivem uma polêmica levantada há sete anos, quando em 2001 um artigo controverso foi publicado na revista Nature, relatando um estudo da Universidade de Berkeley (Califórnia) que revelava contaminações do milho Roundup Ready e Bt, de propriedade da Monsanto, nos cultivos tradicionais. Na época as pressões da agroindústria foram muito fortes, tanto que a Nature teve que desmentir o artigo afirmando que se tratava de uma análise pouco detalhada.

Clique para ler o texto completo »

11/12/2008

Mais uma variedade de milho transgênico liberada

Fonte: Greenpeace Brasil

Liberação ocorreu mesmo sem a comprovação de que não haverá impactos para o meio ambiente e para a saúde 

A Comissão Técnica Nacional de Biossegurança liberou, nesta quinta-feira (11/12), por 16 votos a 5, mais uma variedade de milho transgênico para cultivo comercial. A aprovação ocorreu mesmo sem os testes sobre os efeitos da toxina dessa variedade à saúde humana.O milho Herculex, da Du Pont e da Dow AgroSciences, tem propriedade inseticida e é resistente ao agrotóxico glufosinato de amônio.

Para conseguir a aprovação na CTNBio, as empresas apresentaram testes baseados em uma toxina diferente da contida na variedade. Ou seja, a toxina utilizada como garantia de que o milho transgênico não causará impactos para o meio ambiente e para a saúde humana e animal é diferente daquela que a planta vai produzir para matar insetos.

Clique para ler o texto completo »

9/12/2008

Relatório CEPAGRO – Reunião com a comunidade do Portal

A equipe do CEPAGRO e a rede Terra Madre agradecem o apoio e a solidariedade de todos que contribuíram com doações até este momento e, descrevem as ações que estão sendo desenvolvidas para recuperar os danos causados pelas enchentes. Lembrando ainda que, qualquer tipo de ajuda será bem vinda.

Este relatório é referente à reunião realizada no dia 04/12/2008. A mesma foi articulada na última visita que a equipe do CEPAGRO fez à comunidade, dia 28/11/2008, para levar donativos, verificar “in loco” a realidade acompanhada pelos meios de comunicação e, também o contato por telefone com alguns integrantes dos Grupos de Hortas Comunitárias e individuais do Projeto de Agricultura Urbana que o Centro executa.
Clique para ler o texto completo »

Ecogastronomia Extinção de espécies alimentícias Programação detalhada do eventoVozes do Terra Madre Voluntários
Realizado por:
Slow Food
Em colaboração com:
Regione del Veneto IMCA
Educação em FocoFunarte
Em parceria com:FIDA
SIDMINCSDTMDABrasil - Governo Federal
DoDesign-s Design & Marketing

» Terra Madre Brasil | Fazer login

© 2010 Todos os direitos reservados aos autores das fotos e textos.
Não é permitido reproduzir o conteúdo deste site sem citar a fonte, link e o autor.